1910

line

  • Inaugurada, em 1º de setembro, a Escola de Aprendizes Artífices de Santa Catarina – EAA, foi instalada na rua Almirante Alvim, 17 (hoje este trecho chama-se rua Victor Konder), em prédio cedido pelo Sr. Governador do Estado, Cel. Gustavo Richard, tendo como primeiro diretor o Sr. José Cândido da Silva.
  • Os primeiro cursos ofertados foram: curso Primário, Desenho, Tipografia, Encadernação e Pautação, Carpintaria da Ribeira, Escultura e Mecânica (Ferraria e Serralheria).
  • O curso primário era condição obrigatória para alunos candidatos a cursos profissionais que não exibissem certificado de exame final expedido por uma escola da rede pública de ensino.
  • A matrícula inicial de 100 alunos ficou assim distribuída: Ferraria (28), Encadernação (17), Tipografia (20), Carpintaria da Ribeira (25), oficina de Escultura (6), não compareceram (4).
  • O primeiro aluno a ser matriculado foi João Cândido Rodrigues, em 12 de agosto, nos cursos de desenho, no 1º ano do curso de primeiras letras e na oficina de mecânica. João tinha 12 anos na ocasião.
  • Os primeiros funcionários administrativos, nomeados em 10 de dezembro, foram os Srs. Álvaro Antunes Ramos (escriturário) e Cândido de Souza Conceição (porteiro-contínuo).
  • Os primeiros mestres de oficinas e professores contratados foram os Srs. João Ligochy (Ferraria), Belmiro Boaventura de Souza(Carpintaria da Ribeira), Joaquim Natividade e Silva (Encadernação), Euclides Schmidt (Tipografia), Tisiano Basadona (Desenho), e a Sra. Clélia Nunes Pires Caldeira (professora do Primário), por meio do ofício 45 de 30 de junho.